Close

Dezembro 14, 2019

Aeroporto do Montijo desperta interesse de investidores no imobiliário

O preço das casas no Montijo e Alcochete subiu mais de 30% nos últimos dois anos, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados em janeiro.

Lotes de terreno, casas para recuperar ou apartamentos para revenda estão entre os imóveis que registam um considerável aumento de interesse por parte dos investidores nesta região do pais.

A explicação para este aumento da procura é a possibilidade de construção do novo aeroporto na Base Aérea n.º 6, entre o Montijo e Alcochete, até porque “grande parte” dos investidores não são da região e alguns são estrangeiros.

Também se tem assistido a uma maior procura de investimentos em armazéns, logística e terrenos para urbanizar, numa perspetiva de que “venha o aeroporto para depois ganharem mais-valias”.

Em 08 de janeiro, a ANA — Aeroportos de Portugal e o Estado assinaram o acordo para a expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa, com um investimento de 1,15 mil milhões de euros até 2028 para aumentar o atual aeroporto de Lisboa (Aeroporto Humberto Delgado) e transformar a base aérea do Montijo num novo aeroporto.

Já no passado dia 30 de outubro, a Agência Portuguesa do Ambiente emitiu a proposta de Declaração de Impacte Ambiental relativa ao aeroporto do Montijo e respetivas acessibilidades, tendo a decisão sido “favorável condicionada”, que viabiliza o projeto.

Ler mais em casa.sapo.pt

Please follow and like us:
error

Author: António Delgado

Advogado, Fundador e Coordenador dos Escritórios Legacis-International Law Office e Assessor para Negócios e Investimentos Imobiliários. Membro Fundador da Diáspora Legal Network (Rede Internacional de Juristas) e Membro da AEA-International Lawyers Network.