Close

Dezembro 3, 2018

Portugal, um pais com muitas oportunidades de investimento para empreendedores.

Atualmente são muitas as pessoas e empresas interessadas em fixar-se em Portugal, um país que tem registado um crescimento económico avançado, ainda que não seja a maior economia da União Europeia.

Portugal está definitivamente na moda! Mas é preciso ter consciência que, para mudar de país, é preciso pesquisa e organização. Muitas pessoas concentram-se apenas nalgumas opções e – em grande parte por falta ou deficiência de informação – deixam passar oportunidades que estão mais de acordo com o seu perfil.

Uma das opções, que poucas pessoas ainda conhecem, é a possibilidade de autorização de residência em solo português através do chamado “Visto D2”, em categoria específica para empreendedores. Este tipo de visto é concedido para pequenos empreendedores, ou empreendedores com um menor capital de investimento disponível. Nestas situações, basta que o interessado tenha efetuado operações de investimento, comprove possuir meios financeiros disponíveis e/ou financiamento obtido através de instituição financeira, sempre em Portugal, demonstrando por meios que ache adequados ter a intenção de investir no país. Por outro lado, o interessado pode ainda apresentar uma candidatura a esta medida caso desenvolva um projeto empreendedor, de base inovadora, através do esquema de incubadoras tecnológicas que preencham os requisitos legais previstos em Portugal.

O Visto D2, para empreendedores, não deve ser confundido com o chamado Visto Gold, ou ARI – Autorização de Residência para Atividades de Investimento – o qual implica requisitos mais exigentes quanto ao valor do investimento realizado em solo português. Ao contrário do Visto Gold, para a concessão do Visto D2 não existem valores mínimos de capital/investimento, mas a análise do pedido deve levar em consideração a relevância para a sociedade e economia local: o interessado deve apresentar um projeto que inove e modernize a situação atual de Portugal nos campos da cultura, tecnologia, economia e ciência. Neste contexto, enquadra-se o novo “Startup Visa”.

Ou seja, Portugal tenta atrair modelos de negócios e de empreendedores que modernizem e inovem a sua sociedade, não exigindo para isso alto capital de investimento (estes, como já foi dito, estão previstos em outro tipo de visto). Portugal é definitivamente um pais repleto de oportunidades de negócios, estando no radar daqueles que pretendam fazer investimentos produtivos.

One Comment on “Portugal, um pais com muitas oportunidades de investimento para empreendedores.

ANA BORGES
Janeiro 23, 2019 em 12:11 pm

Recomendo vivamente o seu blog/site.
Achei-o de excelente qualidade.
Obrigado
Ana

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *